Liz Sales

Não sei o que há depois da curva, mas vou acreditar que é algo melhor. - L. M. Montgomery

Olho pra trás, mas sigo em frente

Andei nostálgica. Começo a perceber o tempo se espaçando cada vez mais, e isso assusta. Afinal, foram tantas mudanças bruscas nos últimos tempos, que é difícil acostumar com o fato de que tudo está diferente e novos ciclos estão batendo à porta. 

Revirei o meu pen-drive. Achei fotos antigas, colagens feitas por um amigo há menos de uma década, mas que ainda não contavam a ajuda de aplicativos de celular. Procurei saber, graças as mídias sociais, como estão algumas pessoas com quem estudei, até atores de séries que eu costumava ver quando pequena. Ouvi canções da adolescência só pra me conectar com aquela garota. E me pergunto, até que ponto isso é saudável? Hoje cedo ao contar à minha mãe que havia achado aquele amigo do ensino médio ela perguntou: "ahh, e você falou com ele?", eu respondi que não e nem tinha a intenção. 

Sinto saudade de algumas coisas, de pessoas, de momentos mas ao mesmo tempo penso que não vale a pena ficar o tempo todo correndo atrás do passado, a fim de agarrá-lo. Perseguindo-o na ânsia de ter de volta os dias simples, que na verdade, nem era tão simples assim... é só nostalgia, tento me lembrar. Porque afinal, todas as suas fases tiveram os seus ganhos e as suas perdas. 

Vou deixar o passado em seu lugar, e conservo os sentimentos bons que algumas memórias me causam, mas jamais vou querer reviver tudo outra vez. Foi bom, e também não foi, em alguns momentos - mas passou. 

Anseio pela vida que está logo ali, na frente. Agora. 

11 Comentários

  1. Me identifiquei muito com suas palavras, tenho andado justamente sim e precisando muito ver essa vida agora e o adiante.

    Um imenso abraço!

    ResponderExcluir
  2. Eu acredito que é importante tentar manter contato e fazer as relações durarem, mas realmente, tem coisas que é bom apenas relembrar como boas memórias e sempre seguir focando em frente.

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acredito muito nisso Vah, mas parece que vez ou outra acontece um momento de renovação, né? Pessoas se mudam, a gente tbm e nem sempre a mudança é tão leve assim. Mas é só a vida acontecendo.
      Abraços <3

      Excluir
  3. As vezes é bom revisitar nossas memorias, pensar naquilo que passou, mas realmente tem coisa que tem que ficar no passado.. e a gente precisa seguir, por mais doloroso que seja. Revisitar as memorias boas eu acho que é saudável sim, pra gente lembrar ainda mais em tempos ruins de coisas boas que aconteram na nossa vida :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Taís! Um dia eu aprendo a ser mais tranquila com essas viagens da minha memória, haha! <3

      Excluir
  4. Isso aí! Devemos prosseguir para o alvo e fazer dos momentos antigos ensinamentos para o que há de vir.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  5. Tenho me sentido da mesma forma, nostálgica e com saudade do passado e medo das mudanças futuras. Porém, como você disse, não vale a pena. Idealizamos muito nosso passado, tento me manter focado no agora porque o agora é tudo que nós temos. Adoro a forma como você escreve, me traz calma.
    Abraços, Clara.
    claraaoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clara, fico feliz que minha escrita te cause algo bom (mesmo que seja aquela escrita de desabafo). Abraços querida <3

      Excluir
  6. E a gente acaba se lembrando apenas da parte boa, né? A nostalgia dos bons momentos nunca vem com a lembrança do que não foi tão bom assim. Eu me sinto nostálgica às vezes, mas também gosto de manter os pés no chão. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Camila! A nossa mente é uma engraçadinha, né? ahaha!

      Excluir

Postar um comentário

Hey, muito obrigada por deixar o seu comentário (ele me deixa muito contente)! Faça um bom uso deste espaço, tá bom? Vamos fazer daqui uma comunidade bem linda ♡