liz karoline

"Não sei o que há depois da curva, mas vou acreditar que é algo melhor." - L. M. Montgomery

Seguir em frente

Ontem comecei a escrever esse texto e ele saiu de um jeito muito bad. Apaguei. Filtrei o que estava sentindo e acho que hoje consegui assimilar melhor algumas coisas. A questão é que ontem fiquei bem desapontada, triste mesmo, quando ouvi minha professora dizer que esse ano nós não voltaremos as aulas presenciais e quiçá ano que vem. Eu sei, eu sei... já era algo esperado, mas é engraçado como a gente, ou melhor, vou falar por mim... como eu me apeguei aquele 1% de possibilidade. 

Sou grata por ter um cantinho e por poder, ainda que entre trancos e barrancos, estar fazendo meu horário de estudar. Mas eu sinto saudades, sabe? de gente. De conversar com gente. De ver gente. De estar nos ambientes em que eu costumava estar. Gostava demais do caminho que eu fazia antes de chegar na minha sala da facul, e andava bem devargazinho pra ficar contemplando as árvores, o céu e receber um pouquinho do sol da manhã. Revigorante demais. Deixar tudo isso em stand by ainda por tempo indeterminado é ruim demais. 

Também me preocupo com a questão da minha formação, porque mesmo tendo aulas remotas, meu curso não é bem EAD, quer dizer, não tem toda a estrutura de um curso que foi feito para ser a distância. Pensar em tudo isso foi o que deixou mal, mas não quero ficar - sempre - assim, nesse estado. Vou precisar de ânimo pra seguir em frente. Vou precisar de ânimo pra enfrentar a autossabotagem, que me faz querer pensar que não estou aprendendo nada com aquela atividade e que me faz querer largar uma disciplina pela metade quem nunca, né?. Vou precisar desapegar da vida do jeito que ela era antes. Viver, me concentrar no hoje, e perceber que ele também pode ser bom.

As coisas não são como a gente gostaria, nem sempre, mas é preciso seguir, do jeito que dá. E no momento, eu vou fazer o possível pra seguir dando o melhor que eu posso agora, tentar organizar meus horários de estudo, e continuar com minhas caminhadas à tarde, descansando nos momentos que for pra descansar e tudo mais. Sei que essas coisas vem me fazendo bem. Me fazendo sentir... viva

18 Comentários

  1. Que chata essa notícia :/ Espero mesmo que a vacinação aconteça melhor do que todo mundo está esperando *dedos cruzados* para as coisas começarem a voltar ao normal, principalmente as aulas.

    Vanessa
    tristezinhascotidianas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, Liz... Esperança a gente tem mesmo. Eu tenho muita. Que bom que a gente tem, né? O duro é nossa velha mania de acharmos que as coisas acontecem como a gente quer, né... Falando isso porque me identifiquei muito com seu texto. Lembro que, no final do ano passado, surtei exatamente assim, e exatamente pelo mesmo motivo. "Cair na realidade", né? Eu ainda estava bem apegada à vida que eu tinha antes. Mas é a conclusão que você mesma deixou: viver agora, fazer tudo que dá pra fazer agora, crescer agora, sermos felizes, apesar das circunstâncias (e com todos os cuidados, claro! Bom-senso) agora ❤ E começar a agir assim foi a melhor coisa que já fiz por mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "E começar a agir assim foi a melhor coisa que já fiz por mim!", que lindo, Lari! Vou guardar essa frase <3

      Excluir
  3. Poxa, que pena que suas aulas não voltarão de forma presencial esse ano :(
    Realmente é algo que nos deixa preocupada... Essa situação toda que já vivemos a um ano é complicada demais...
    Espero que encontre ânimo e coisas que te alegrem a continuar estudando e sim aprendendo mesmo que online.
    Fique bem por aí! ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  4. cara, que texto importante. eu tô exatamente na mesma situação que você, também tava me agarrando à utopia de ter um pouquinho de aulas presenciais esse ano, mas pelo visto não tem a mínima chance disso mesmo, né? também fico muito frustrada porque o meu curso em hipótese algumas foi pensado pra ser à distância e o fato de eu ter tido só uma semana de aula presencial (comecei exatamente em fevereiro do ano passado ;-;) é ainda mais assustador porque mesmo indo pro terceiro semestre parece que não cheguei sequer a iniciar o curso, sabe? muito frustrante essa situação toda :(
    mas isso que você colocou no final me animou muito, é bom ter uma perspectiva realista, né? seguir em frente é realmente o melhor (e tudo) que a gente pode fazer e seria legal tentar fazer da melhor forma possível! tô torcendo por você, vai dar tudo certo pra gente :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. beatriz, a sua situação também é bem tensa. Fico pensando na turma do primeiro período que tinha acabado de começar e passou pela mesma situação que você, e ainda uma amiga próxima também. É uma sensação gigante de distância, né? Uma experiência muito doida.
      Fico feliz que de alguma forma, esse texto de tocou. A gente precisa mesmo se apegar ao que nos dá esperanças boas e realistas, e sério, vamos sair disso bem mais fortes. É o meu desejo para nós. Também estou torcendo por você, Bea! <3

      Excluir
  5. Sei bem como você se sente... Eu passei 2020 inteiro pensando que voltaria a trabalhar presencialmente em 2021 e bom... parece que não. Sinto falta do trajeto, de chegar no serviço e comprar um pão de queijo, de sair para almoçar com os colegas e fofocar sobre as coisas da vida. A dinâmica remota é muito difícil, é difícil se comunicar... Mas acho que o pior é não saber quando vai acabar :/
    De qualquer forma, te desejo muita força e ânimo para continuar a faculdade. Entendo que deve ser bem frustrante, mas é o que você disse: fazer o nosso melhor dentro do possível :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natália, é engraçado perceber que são justamente os detalhes que mais nos fazem falta, né?

      Obrigada pelo encorajamento! Tudo de bom pra ti <3

      Excluir
  6. Te entendo perfeitamente! Eu me apeguei muito na ideia de voltarmos as aulas presenciais esse ano, porque é meu último na escola! Só de pensar que passei os meus dois ultimas anos da escola fazendo ead me dá vontade de chorar e voltar no tempo pra tentar mudar tudo. Eu sinto que é um momento em que eu deveria estar com meus amigos, aproveitando os momentos para me despedir deles aos poucos. Sem contar que preciso estudar para o Enem e o ensino remoto não nos motiva tanto, né? Mas mesmo assim eu tenho muito pelo que ser grata, de estudar em uma escola particular que tem tentado de tudo fazer com que a gente se adapte e ter condições de ter assinado o Descomplica para me auxiliar nos estudos. Porém... o sentimento de que tudo estar errado continua, mesmo que menor. Enfim, um dia de cada vez, esse tem sido meu lema na pandemia. Ser saudável só hoje, me motivar só hoje, estudar só hoje. Quando pensamos em viver um dai por vez, as coisas vão se tornando menos pesadas.
    Abraços e forças nesses dias sombrios!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário lindo, Clara! É um momento muito histórico que vai ficar gravado nas nossas memórias, e nossa, nem imagino como deve ser passar o último ano assim. mas como vc disse, trazer à memória o que temos de bom nos ajuda a seguir em frente - um dia de cada vez! tudo passa e esse momento não vai ser diferente. boa sorte nos seus estudos, viu? eu tive uma professora na facul que sempre dizia "em tempos difíceis, estude, esteja em movimento", e é incrível como isso faz diferença na vida. fica bem, Clara.

      abraços <3

      Excluir
  7. Estou na mesma situação, parece que já estamos todos cansados desta situação... Faltam realmente os afetos e a rotina... Mas a verdade é que temos de nos adaptar à realidade e acreditar que melhores dias virão... Força :)

    ResponderExcluir
  8. ps: Gostei do seu cantinho, já estou a seguir!

    ResponderExcluir
  9. esse texto me representa em 101%
    to cansada já de ter que ter aulas online, queria muito poder ir pra faculdade (e matar aula com os amigos), acho que nós, brasileiros, somos muito afetivos por isso sofremos tanto com a falta de calor humano

    continuamos desejando que tudo melhore logo

    beijos
    Carol Justo | Justo Eu?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo, Carol! Gostamos mesmo é do calor humano e não isso é quase uma tortura pro br.

      Excluir
  10. Isso aí. Temos que cuidar da nossa vida, afinal ninguém vai fazer isso pela gente.
    Gostei do blog e estarei por aqui agora. Esteja à vontade para visitar o meu espaço também.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está em Hiatus de verão entre 05 de fevereiro e 08 de março, mas não deixaremos de comentar nos blogs amigos. Também tem posts novos no blog.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Hey, muito obrigada pelo seu comentário (ele me deixa muito contente)! Faça um bom uso deste espaço, tá bom?